História e Filosofia do Método

Joseph Hubertus Pilates nasceu no ano de 1880 perto de Dusseldorf, na Alemanha e, desde criança sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Sua determinação o levou a estudar várias formas de movimento,  incluindo yoga, zen, técnicas gregas e romanas.

Aos 14 anos dedicou-se ao fisiculturismo chegando a posar para cartazes de anatomia. Foi mergulhador, esquiador, boxeador e ginasta.

Em 1912 Pilates foi para a Inglaterra e neste período deflagrou-se a Primeira Guerra Mundial. Ele ficou  detido por um ano em Lancaster e, durante esse tempo, aplicou seu método de ginástica em outros internos. A ginástica de Pilates   trouxe um ótimo benefício para aqueles homens, que não foram contaminados pela epidemia de influenza que matou milhões de pessoas naquela época.

Naquele período trabalhou como enfermeiro voluntário, cuidando de pessoas incapacitadas e enfermas por causa da guerra. Pilates desenvolveu máquinas que o ajudaram na reabilitação dessas pessoas e foram os protótipos dos equipamentos utilizados no método até hoje.

Após a guerra, ele voltou a Alemanha para dar continuidade ao seu trabalho e iniciou o treinamento da polícia da cidade de Flamberg. Durante este período ele conheceu Rudolf Von Laban que incorporou parte da técnica de Pilates em seu método de ensino.

Em 1925, Joseph foi professor de um importante membro do governo alemão que o convidou para treinar o novo exército alemão. Neste período, ele decidiu ir para a América. Em 1926 durante a viagem de navio para os EUA ele conhece Clara, que se tornaria sua esposa e grande entusiasta de seu método revolucionário de condicionamento físico e mental.

Uniu de forma espetacular em uma única prática os conceitos ocidentais de desenvolvimento de força e resistência física com os princípios orientais do controle da respiração, flexibilidade, equilíbrio e concentração, trazendo harmonia e beleza para o corpo, como equilíbrio para a mente e o espírito. Seu estúdio, na cidade de Nova York, recebeu a atenção da comunidade de dança e a "Contrologia", tornou-se parte integral do treinamento de bailarinos, entre eles alguns expoentes da dança como Ruth St. Denis, Ted Shaw, Marta Graham, George Balanchine, Hanya Holme e Jaerome Robbins, alunos e praticantes da técnica Pilates.

Em outubro de 1967, Joseph Pilates morreu aos 84 anos, vítima de complicações respiratórias causadas pela exposição à fumaça durante um incêndio que ocorreu um ano antes em seu estúdio na 8th Avenida.

Durante os anos em que desenvolveu e aplicou o seu método, Joseph Pilates passou seus conhecimentos a inúmeros profissionais que abriram seus próprios estúdios em várias partes dos EUA e ajudaram a disseminar seus ensinamentos em todo o mundo.  


FILOSOFIA DO MÉTODO

O método Pilates  se baseia na interação  mente e corpo, sendo os exercícios realizados de forma controlada, coordenada, ergonômica e sem exaustão.


Copyright © 2013 Personal Core Pilates. Todos direitos reservados.
Site produzido por: SITESP.NET